24.2.07

Barulhinho Bom


Desde o dia em que te vi
Quis voltar pra salvador
Pra fazer uma nova história
Uma nova história de amor
Hoje eu sou todo seu
Dona do meu coração
E o nosso beijo tem um barulhinho bom

De volta pra casa
Cruzando a cidade
Em qualquer lugar eu vou tirando um som
Batuque de raça
Sangue novo na praça
Sintonizo o radio nesse barulhinho bom

Um barulhinho bom
Um barulhinho bom,bom,bom

Andar de mãos dadas
Curtir o momento
Mergulhar no mar
Te proteger do vento
Tava com saudade da minha cidade
De ouvir teu coração batendo no meu andamento

Um barulhinho bom
Um barulhinho bom,bom,bom
Funk....

Sentindo o suor
Escorrendo do corpo
Vou ficando louco com seu balançar
Por toda cidade
Em todos os lugares
Ta rolando novidade
Todo munndo vai dançar
Um barulhinho bom
Um barulhinho bom,bom,bom

22.2.07

vistas da janela


Não Me Deixe Só

Não me deixe só
Que eu tenho medo do escuro,
Tenho medo do inseguro,
Dos fantasmas da minha voz.
Não me deixe só,
Tenho desejos maiores,
Eu quero beijos intermináveis,
Até que os olhos mudem de cor...
Não me deixe só,
Que meu destino é raro,
Eu não preciso que seja caro
Quero gosto sincero de amor.
Fique mais,
Que eu gostei de ter você,
Não vou mais querer ninguém,
Agora que sei quem me faz bem.
Não me deixe só,
Que eu saio na capoeira,
Sou perigosa sou macumbeira,
Eu sou de paz eu sou do bem, mas...
Fernanda Porto

18.2.07

De 3 em 3

3 Nomes pelos quais eu atendo:
1) Rê
2) Régi
3) ô mãe...

3 nomes de "tela":
1) Rgi Musa
2) rgimusa
3) tem + um que eu não digo...

3 Coisas que eu gosto em mim:
1) pintinhas no rosto
2) meu cabelo cacheado
3) meus ombros

3 Coisas que eu não gosto em mim:
1) a barriguinha
2) mudança repentina de humor
3) ser amiga de quem não é

3 Partes da minha Herança:
1) a braveza Espanhola
2) a casa de Ubatuba
3) uma viagem e um anel de vovó Maria

3 Coisas que me assustam:
1) barata

2) violência
3) chuva demais


3 Coisas essenciais no meu dia:
1) internet
2) beijos

3) meu filho

3 Coisas que eu estou vestindo agora:
1) shortinho de pijama
2) regatinha de pijama
3) + nada

3 dos meus artistas favoritos (neste momento):
1) Estopa

2) Marisa Monte
3) Nando Reis

3 das minhas canções favoritas (neste momento):
1) Cuando cai La Luna

2) A menina dança
3) Nos seus olhos

3 coisas que vou tentar nos próximos meses:
1) não dormir no sofá

2) ser + paciente
3) parar de fumar

Duas verdades e uma mentira: Qual é a mentira?
1) Eu adoro nadar
2) Eu adoro cozinhar
3) Eu tenho medo de altura

3 Nomes de filhos:
1) Mateus
2) Manuela
3) Lui

3 Coisas que eu simplesmente não consigo fazer:
1) faltar na capoeira

2) usar agenda
3) abandonar meu blog

3 dos meus hobbies favoritos:
1) cafeterias
2) scrapdigital
3) fotografia

3 Coisas que vou fazer antes de morrer:
1) te entender melhor
2) viajar mais
3) escrever um livro

14.2.07

Doodles Tree

A pedido da Luzinha e coro das demais,
e em comemoração aos 2 anos de Scrapdiary
aqui está o link dos Doodles que preparei pra vocês.
Obrigada pelas visitas, voltem sempre para um café...

13.2.07

FONTES





Você só precisa fazer o download e instalar
em Painel de Controle / Fontes:

12.2.07

Porque EU AMO digitalscrap


Criação para a CC do Scrapdiary

vícios


Um homem é julgado sobretudo por seus vícios;
as virtudes, se pode fingir;
os vícios são sempre genuínos.

Klaus Kinski

7.2.07

Porta-Retrato MUDE



Criei este Porta-Retrato para a
comemoração de aniversários teens.
De um lado a foto fixa da aniversariante,
do outro a sua foto preferida!

Ah! O verão

Criação para a CC do Scrapdiary

3.2.07

PALAVRAS AO VENTO - Lázaro Ramos

"A primeira letra do alfabeto é também a primeira letra da palavra amor e se acha importantíssima por isso! Com A, se escreve "arrependimento" que é uma inútil vontade de pedir ao tempo para voltar atrás e com A se dá o tipo de tchau mais triste que existe: "adeus"... Ah, é com A que se faz "abracadabra", palavra que se diz capaz de transformar sapo em príncipe e vice-versa... Com B, se diz "belo" - que é tudo que faz os olhos pensarem ser coração; e se dá a "bênção", um sim que pretende dar sorte. Com C, "calendário", que é onde moram os dias e o "carnaval", esta oportunidade praticamente obrigatória de ser feliz com data marcada. "Civilizado" é quem já aprendeu a cantar parabéns pra você e sabe o que é "contrato": "você isso, eu aquilo, com assinatura embaixo". Com D, se chega à "dedução", o caminho entre o "se" e o "então"... Com D começa "defeito", que é cada pedacinho que falta para se chegar à perfeição e se pede "desculpa", uma palavra que pretende ser beijo. E tem o E de "efêmero", quando o eterno passa logo; de "escuridão", que é o resto da noite, se alguém recortar as estrelas; e "emoção", um tango que ainda não foi feito. E tem também "eba!", uma forma de agradecimento muito utilizada por quem ganhou um pirulito, por exemplo... F é para "fantasia", qualquer tipo de "já pensou se fosse assim?"; "fábula", uma história que poderia ter acontecido de verdade, se a verdade fosse um pouco mais maluca; e "fé", que é toda certeza que dispensa provas. A sétima letra do alfabeto é G, que fica irritadíssima quando a confundem com o J. G, de "grade", que serve para prender todo mundo - uns dentro, outros fora; G de "goleiro", alguém em quem se pode botar a culpa do gol; G de "gente": carne, osso, alma e sentimento, tudo isso ao mesmo tempo. Depois vem o H de "história": quando todas as palavras do dicionário ficam à disposição de quem quiser contar qualquer coisa que tenha acontecido ou sido inventada. O I de "idade", aquilo que você tem certeza que vai ganhar de aniversário, queira ou não queira. J de "janela!, por onde entra tudo que é lá fora e de "jasmim", que tem a sorte de ser flor e ainda tem a graça de se chamar assim. L de "lá", onde a gente fica pensando se está melhor ou pior do que aqui; de "lágrima", sumo que sai pelos olhos quando se espreme o coração, e de "loucura", coisa que quem não tem só pode ser completamente louco. M de "madrugada", quando vivem os sonhos... N de "noiva", moça que geralmente usa branco por fora e vermelho por dentro. O de "óbvio", não precisa explicar... P de "pecado", algo que os homens inventaram e então inventaram que foi Deus que inventou. Q, tudo que tem um não sei quê de não sei quê. e R, de "rebolar", o que se tem que fazer pra chegar lá.
S é de "sagrado", tudo o que combina com uma cantata de Bach; de "segredo", aquilo que você está louco pra contar; de "sexo": quando o beijo é maior que a boca. T é de "talvez", resposta melhor que ´não`, uma vez que ainda deixa, meio bamba, uma esperança... de "tanto", um muito que até ficou tonto... de "testemunha": quem por sorte ou por azar, não estava em outro lugar. U de "ui", um ài" que ainda é arrepio; de "último", que anuncia o começo de outra coisa; e de "único": tudo que, pela facilidade de virar nenhum, pede cuidado. Vem o V, de "vazio", um termo injusto com a palavra nada; de "volúvel", uma pessoa que ora quer o que quer, ora quer o que querem que ela queira. E chegamos ao X, uma incógnita... X de "xingamento", que é uma palavra ou frase destinada a acabar com a alegria de alguém; e de "xô", única palavra do dicionário das aves traduzida para o português. Z é a última letra do alfabeto, que alcançou a glória quando foi usada pelo Zorro... Z de "zaga", algo que serve para o goleiro não se sentir o único culpado; de "zebra", quando você esperava liso e veio listrado; e de "zíper", fecho que precisa de um bom motivo pra ser aberto; e de "zureta", que é como fica a cabeça da gente ao final de um dicionário inteiro."

2.2.07

Álbum de Casamento - parte I





Essas são as primeiras 6 páginas do
Álbum de Casamento de Loli & Marcelo
logo + eu posto as outras...

1.2.07

Ainda que breve

Não dispensarei a exigência do respeito mas,
com a graça que me é conveniente,te permito
que me faças a mais profana das mulheres,
que sejas senhor do meu ávido corpo
que me tomes generosamente perdido da
tua faculdade tão peculiar, que é a razão.
Andréa Menge